Universidade Federal do Amazonas

Universidade Federal do Amazonas

Segunda 26 Junho 2017

Notícias

Processo Seletivo de Educação a Distância 2017 oferta 1.004 vagas

Processo Seletivo de Educação a Distância 2017 oferta 1.004 vagas

A isenção da taxa de inscrição, pelo site da Compec, pode ser solicitada nos dias 1º e 2 de junho. As inscrições...

Prorrogado o prazo para inscrição de trabalhos no ESUD 2016

Prorrogado o prazo para inscrição de trabalhos no ESUD 2016

O XIII Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância e II Congresso Internacional de Educação Superior a Distância serão realizados na cidade...

Novo número da Revista de Educação a Distância EmRede está no ar

Novo número da Revista de Educação a Distância EmRede está no ar

A Revista de Educação a Distância - EmRede - é uma publicação oficial da Associação Universidade em Rede – UniRede, criada com...

Evento discute estratégias de comunicação para a Educação a Distância

Evento discute estratégias de comunicação para a Educação a Distância

Começou na tarde desta segunda-feira, 23, na UFRGS o II PromovEaD: estratégias de comunicação para a Educação a Distância. O evento reúne...

Informações Básicas

Nome do Polo: Polo de Apoio Presencial da UAB/CPDUP em Acrelândiai
Endereço: Rua Adnilson Rogério N° 951, Centro.
Telefones: (68) 3235-1461 / 9934-8334
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Mantenedor do Polo

Mantenedor do Polo
Governo do Estado do Acre
Endereço: Avenida Brasil, nº 297, Centro
Telefones: (68) 3235-2800 / 3214-2801 / 3215-2802
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Coordenador de Polo
Domingas Pereira da Costa Ferreira
Telefones: (68) 3235-1461 / 9934-8334

Informações do Município

A primeira cidade planejada do Acre foi elevada a categoria de município através da lei N°1025/92 de 28 de abril de 1992, criado a partir do desmembramento de partes dos municípios de Plácido de Castro e Senador Guiomard. Com o slogan de a Princesinha do Acre, Acrelândia alcançou grande desenvolvimento agrícola e teve um aumento populacional significativo proveniente de migrações recentes oriundas do centro-sul e sul do Brasil, mas ainda é um município que está em fase de crescimento nas áreas de educação, saúde, agricultura e infraestrutura, como todo o Estado do Acre.

A População Total do Município era de 7.935 de habitantes, de acordo com o Censo Demográfico do IBGE (2000).

Sua Área é de 1.574,55 km² representando 1.0319% do Estado, 0.0409% da Região e 0.0185% de todo o território brasileiro. Seu IDH é de 0.68 segundo o Atlas de Desenvolvimento Humano/PNUD (2000)

Unidade federativa Acre Ano de Instalação: 1993
Microrregião: Rio Branco
Mesorregião: Vale do Acre
Altitude da Sede: 25 m
Distância à Capital: 102.7802Km
Área 1 574,550 km² 3
População 12 538 hab. IBGE/20104
Densidade 7,96 hab./km²
Altitude 25 m
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDHM 0,604 médio PNUD/20105
PIB R$ 146 062,317 mil IBGE/20086
PIB per capita R$ 12 185,06 IBGE/20086
Fonte: Atlas de Desenvolvimento Humano/PNUD

As informações populacionais foram baseadas nos censos demográficos realizados pelo IBGE (www.ibge.gov.br) nos anos de 1970, 1980, 1991 e 2000. Além disso, também é possível encontrar as estimativas dos anos de 2001, 2002 e 2003, somente para os municípios. A metodologia utilizada pelo IBGE em relação à população residente total, por sexo e situação de domicílio é referente aos moradores habituais em cada residência. O recenseamento dos moradores habituais do domicílio que estavam ausentes na data de referência é apresentado respeitando a presença inferior a 12 meses na residência em relação à data em que foi feito o recenseamento.

Já o cálculo para a Estimativa Populacional respeita uma série de equações estatística desenvolvidas pelo IBGE na década de 90 dispostas abaixo

Metodologia adotada nas estimativas populacionais municipais:

O modelo adotado para estimar os contingentes populacionais dos municípios brasileiros emprega metodologia desenvolvida pelos demógrafos Madeira e Simões, onde se observa a tendência de crescimento populacional do município, entre 2 Censos Demográficos consecutivos, em relação à mesma tendência de uma área geográfica hierarquicamente superior (área maior).

O método requer a existência de uma projeção populacional, que leve em consideração a evolução das componentes demográficas (fecundidade, mortalidade e migração), para uma área maior que o município, quer dizer, para a Unidade da Federação, Grande Região ou País. Desta forma, o modelo matemático desenvolvido estaria atrelado à dinâmica demográfica da área maior.

Em síntese, o que a metodologia preconiza é que:

Se a tendência de crescimento populacional do município entre os Censos for positiva, a estimativa populacional será maior que a verificada no último levantamento censitário; caso contrário, a estimativa apontará valor inferior ao último Censo.Fonte: IBGE (www.ibge.gov.br)

Limites


Limita ao norte com o Amazonas e Rondônia, ao sul e a sudoeste com o município de Plácido de Castro, a leste com a Bolívia e a oeste com o município de Senador Guiomard.

Text Size

Av. Gal. Rodrigo Octávio, n.º 3000 - Coroado I - CEP: 69077-000
Campus Universitário, Setor Sul, Bloco N - Manaus - AM

Todos os direitos reservados à Coordenação de Tecnologia
Centro de Educação a Distância - CED