Universidade Federal do Amazonas

Universidade Federal do Amazonas

Quarta 23 Agosto 2017

Notícias

Errata de Reclassificação para o município de Lábrea

Errata de Reclassificação para o município de Lábrea

Considerando os critérios estabelecidos no edital quanto a data limite de postagem, somente dia 21 de agosto de 2017 foi recebido as...

Divulgação dos locais das provas para a segunda etapa

Divulgação dos locais das provas para a segunda etapa

Segue divulgação dos locais e datas das provas para 2ª etapa do processo de seleção de tutores e assistente à docência, tanto...

Resultado da Seleção de Tutores e Assistente à Docência

Resultado da Seleção de Tutores e Assistente à Docência

Segue lista com os resultados preliminares da seleção de tutores e assistentes à docência, conforme edital 001/2017. Em breve, estaremos divulgando calendário...

Edital 001-2017 - Seleção de Tutores e Assistente a Docência

Edital 001-2017 - Seleção de Tutores e Assistente a Docência

O Centro de Educação a Distância - CED, divulga a abertura de inscrições para o processo de seleção simplificada de tutor presencial, tutor...

Informações Básicas

Nome do Polo: Polo de Apoio Presencial da UAB/CPDUP em Brasiléia
Endereço: Av. Prefeito Rolando Moreira, N° 230, Centro
Telefones: (68) 3546-3539 / 9212-2145
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Mantenedor do Polo
Governo do Estado do Acre
Endereço: Avenida Brasil, nº 297, Centro
Telefones: (68) 3235-2800 / 3214-2801 / 3215-2802
E-mail: gabinete.governador@
ac.gov.br

Coordenador de Polo
Maria Cecília Carvalho de Oliveira
Telefones: (68) 3235-1461 / 9934-8334
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Histórico

Exibe a versão de impressão da página Retorna para a página anterior Brasília, como era chamada Brasiléia, sede do município de mesmo nome, foi fundada em 03 de julho de 1910, nas terras dos índios Catianas e Maitenecas, no Seringal Carmem, quando o Acre já era território do Brasil.

Brasília foi criada por homens da classe dominante da sociedade acreana da época, seringalistas e autoridades constituídas, que habitavam no Alto Acre, vinculados à exportação de borracha para Belém e Manaus.

No Seringal Carmem foi escolhida uma área para instalação da justiça do 3º Termo Judiciário da Comarca de Xapuri e do Juiz Fulgêncio de Paiva, que já havia sido expulso das terras do Seringal Nazaré. Eram os primeiros passos da fundação de Brasília, que contou com a participação de brasileiros como João Cordeiro Barbosa, José Antônio de Almeida, Olegário de Araújo França, Augusto de Melo Azevedo, Dr. Luiz Barreto Correa de Menezes, Dr. Ronaldo Melo, Raimundo Furtado, Fulgêncio Cruz, José Bernardo e outros. Brasília foi assentada à margem esquerda do Rio Acre, de frente à cidade boliviana de Cobija, onde moravam a maioria dos brasileiros que a fundaram no dia 03 de julho de 1910, data em que braços de seringueiros, sob as ordens dos doutores e seringalistas , derrubaram as primeiras árvores no local em que hoje está situada a cidade de Brasiléia.

A clareira era aberta ao som dos fervorosos discursos dos senhores fundadores, ao mesmo tempo em que a Bandeira Brasileira era desfraldada sob os olhares dos bolivianos, que assistiam a tudo do outro lado do Rio Acre. “Essa arrojada iniciativa, entretanto, não foi bem acolhida pelos proprietários das terras onde estava localizada a área desbravada. A. Braga Sobrinho e Companhia(Álvaro Sander Salvatierra, pág. 03). Os proprietários do Seringal Carmem chegaram a destruir o prédio de madeira onde funcionaria o Palácio da Justiça do pequeno vilarejo de Brasília, mas por decisão do Cartório do Tabelião Público de Rio Branco, o ano de 1911, a firma seringalista foi obrigada a ceder aos fundadores da área já ocupada.

Brasília foi fundada numa época em que a produção gumífera acreana já estava prestes a entrar em crise, fato este ocorrido no trágico ano de 1913, quando seringais de cultivo ingleses localizados na Malásia passaram a vender para o mercado industrial internacional uma borracha bem mais barata que a acreana. Mesmo assim, as seringueiras de Brasília, no Alto Acre, contribuíram intensamente com as receitas do Acre, provenientes da exportação de borracha, para os portos de Belém e Manaus, e daí para as indústrias inglesas e norte-americanas.

Até os idos de 1960 a cidade manteve um intenso intercâmbio comercial com Manaus e Belém, locais de onde vinham as mercadorias que aviavam seus seringais, trazidas pelos navegantes e comerciantes sírio-libaneses que controlavam o comércio da região.

Brasília surgiu como fruto das relações sociais engendradas pela frente extrativa da borracha no Acre, tanto é que os seus fundadores foram, em sua maioria, seringalistas, homens detentores das riquezas acreanas no ano de 1910.

A região onde está situada hoje a cidade de Brasília também foi ponto importante para que Plácido de Castro, como comandante das tropas acreanas, pudesse montar ,no Alto Acre, bases militares quando da luta contra o Exército da Bolívia na questão do Acre, no ano de 1902.

Pelo Decreto Nº 9.831, de 23 de outubro de 1912, do Presidente Hermes da Fonseca, Xapuri tornou-se município e Brasília sua comarca.

No mesmo ano de 1912, Brasília foi elevada a categoria de vila, passando a ser considerada cidade em 1938. O Presidente Getúlio Dorneles Vargas, através do Decreto – Lei nº 968, de 21 de dezembro de 1938 criou o município de Brasília. Somente em 04 de janeiro de 1939 é que a prefeitura foi instalada. Pelo Decreto – Lei nº 6.163, de 31 de dezembro de 1943, Brasília passou a chamar-se BRASILÉIA, nome que continua até nossos dias.

Informações do Município

Unidade federativa Acre
Mesorregião Vale do Acre
Microrregião Brasiléia IBGE/2008
Municípios limítrofes Assis Brasil, Sena Madureira, Xapuri e Epitaciolândia
Distância até a capital 234 km
Área 3 916,507 km² 2
População 21 438 hab. IBGE/20103
Densidade 5,47 hab./km²
Altitude 172 m
Clima Tropical
Fuso horário UTC−4
IDHM 0,614 médio PNUD/20104
PIB R$ 174 720,651 mil IBGE/2008
PIB per capita R$ 8 811,37 IBGE/2008

Text Size

Av. Gal. Rodrigo Octávio, n.º 3000 - Coroado I - CEP: 69077-000
Campus Universitário, Setor Sul, Bloco N - Manaus - AM

Todos os direitos reservados à Coordenação de Tecnologia
Centro de Educação a Distância - CED